Ah, Sarah Waters….

28 nov

What’s up, y’all!!!

Hoje não vou falar de um, mas sim de quatro filmes/seriados, todos baseados em romances da mesma escritora: Sarah Waters!!

Para quem não conhece, Sarah Waters é uma escritora britânica conhecida por escrever romances lésbicos Seus maiores sucessos são Tipping The Velvet e Fingersmith, romances que se passam na era vitoriana, Londres entre 1837 e 1901.

A autora escreveu ao todo 5 romances:

– Tipping The Velvet – 1998
– Affinity – 1999
– Fingersmith – 2002
– The Night Watch – 2006
– The Little Stranger – 2009

Todos os romances da escritora são centrados em personagens lésbicas e o único que ainda não virou filme ou seriado é o The Little Stranger, talvez por ainda ser recente, mas aposto que em breve estará disponível como série de 3 episódios ou filme.

Quanto aos que já são película, todos são muito bons, tenho o meu favorito, que é o Tipping The Velvet, mas podem assistir e decidir qual é o de vocês…

Tipping The Velvet – Toque de Veludo (2002)

O primeiro romance de Sarah Waters foi também o primeiro a virar série. Produzida pela BBC UK, essa minissérie de 3 episódios chegou a passar no Brasil no canal GNT e teve seu título traduzido como Toque de Veludo.. O que não é bem a tradução de ‘tipping the velvet’.. No seriado a personagem Nan explica o que é ‘tipping the velvet’, para quem quiser descobrir.. rs

Filmada em 2002, Tipping the Velvet se passa em 1890 e conta a história de Nancy Astley (Rachael Stirling), uma jovem ingênua que trabalha como cozinheira e garçonete no restaurante à beira-mar de seu pai e vai assistir uam extraordinária performance, inusitada para uma cidade pequena, de uma imitadora-masculina, Kitty Butler (Keeley Hawes), Nancy se apaixona por Kitty sem entender muito bem aquilo e então começa a sofrer uma transformação de vida completa. Entre muitos altos e baixos, por causa de seu amor por Kitty, Nancy experimenta tanto uma completa euforia e uma desilusão extremamente profunda em 7 anos de uma auto-descoberta dolorosa onde finalmente percebe que só sensações não são suficientes.

Para mim é a melhor história, mas para quem quiser assistir aviso que os três episódios juntos fazem o filme ficar um tanto extenso. Lembro também que o ritmo dos filmes ingleses é diferente dos americanos.

Tipping The Velvet (2002)

Assista no youtube aqui

Velvet + legendas

 

Fingersmith – Falsas Aparências (2005)

Fingersmith também virou série produzida pela BBC UK,com 3 episódios e passou no Brasil no canal GNT.

Segunda melhor na minha opinião, Fingersmith, gíria britânica para ladrão, conta a história de Susan “Sue”, que vive nas favelas de Londres com uma baby farmer (pessoa que cuidava de bebês indesejados naquela época) Mrs.Sucksby. Quando um homem que era rico, mas perdeu todo seu dinheiro em apostas, Mr. Rivers, propõe a Sue um golpe para ganhar 40.000 libras. Sue então se inscreve para ser a aia de Maud Lilly, uma orfã que vive com seu tio, que é um tanto quanto pervertido. Enquanto Sue finge ser a empregada de Maud, Mr. Rivers pode se aproximar e eventualemtne casar-se com Maud. Para Sue o plano começa a falhar quando ela se apaixona por Maud e, a partir dai, uma série de reviravoltas acontecem na trama e a pergunta é: em quem se pode confiar?

Como Fingersmith também é uma série de 3 episódios, pode ficar um pouco extensa ao se assistir todos de uma vez.

Fingersmith (2002) – Trailer

Assista online no youtube aqui

Fingersmith + legendas

 

Affinity (2008)

Passado na década de 1870, Affinity é sobre uma mulher da alta classe de Londres que para tentar superar seu luto torna-se uma Lady Visitor, mulheres que visitavam as prisões femininas para conversar com as presas, na esperança de escapar dos seus problemas, tornando-se uma figura norteadora na vida das prisioneiras. Dentro da prisão, ela fascina-se por Selina, uma jovem intrigante que a levará a sensações e experiências que ela jamais esperava vivenciar.

Não encontrei o trailer oficial, por isso estou postando esse trailer alemão do filme, mas dá para entender um pouco a história

Affinity (2008)

Assista online no youtube aqui

Affinity + legendas

 

The Night Watch (2011)

Em uma Londres pós guerra, Viv Pearce, amante de Reggie, dirige uma agência de namoro com Helen Giniver, que vive com sua mulher, a escritora Julia Standing. O irmão mais novo de Viv, Duncan, um homossexual atormentado, acabou de sair da prisão, é procurado pelo seu ex-companheiro de cela, o heterossexual Robert Fraser, que é agora um “conscientizador” e está preocupado com o bem-estar do menino. Viv encontrra com Kay Langrish, uma rica e reclusa lésbica “fanchona” e para as duas mulheres isso as leva a lembranças de 1944, quando Kay era uma heróica motorista de ambulância e Helen era namorada de Kay, antes que Kay a apresentasse a sua ex-mulher Julia. A história é contada com sucessivas idas e vindas no tempo, deixando a trama interessante.

The Night Watch (2011) – Trailer

Nigth watch + legendas

 

Espero que tenham gostado, apesar do post ter ficado um tanto extenso… É que achei melhor falar de Sarah Water e suas histórias incríveis de uma vez só.

Beajs!

2 Respostas to “Ah, Sarah Waters….”

  1. Cicinha 14 de março de 2015 às 19:20 #

    Tive a oportunidade de ver o Um Toque de Veludo adorei…. agora estou tentando baixar o livro para ler, mas não encontrei. Se por acaso souber de algum link e puder indicar!!

  2. Robs 3 de dezembro de 2011 às 21:58 #

    Orgulho da sobrinha atuante. Bjs. Robs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: